Nova Iguaçu retoma projeto Escolas Seguras

Promovido desde 2017, ele ocorre nas escolas municipais e tem como objetivo torná-las mais seguras, por meio do desenvolvimento de uma cultura de prevenção e percepção de riscos a desastres.

A última edição do projeto ocorreu em 2019, antes da pandemia. Fotos: Alziro Xavier/Arquivo PMNI

A Prefeitura de Nova Iguaçu vai retomar mais um projeto interrompido durante a pandemia da Covid-19. A partir deste mês, a Secretaria Municipal de Defesa Civil (SMDC) volta a promover o Escolas Seguras: Desenvolvendo a Resiliência através da Educação. Promovido desde 2017, ele ocorre nas escolas municipais e tem como objetivo torná-las mais seguras, por meio do desenvolvimento de uma cultura de prevenção e percepção de riscos a desastres. A última edição do projeto ocorreu ainda em 2019, antes da pandemia.

No cronograma deste ano, sete unidades irão receber o projeto entre maio e outubro. A primeira delas será a Escola Municipal Campo Alegre, entre os próximos dias 16 e 20. Alunos, professores e funcionários serão submetidos a simulações de situações de emergência e farão treinamento e exercícios de desocupação segura do prédio escolar.

“O projeto utiliza a escola como espaço para a promoção de uma mudança de cultura, onde o resultado final é a proteção e preservação da vida, e a construção de uma comunidade escolar resiliente”, explica o secretário municipal de Defesa Civil, Jorge Ribeiro Lopes.

Desde sua implementação, o projeto Escolas Seguras já foi realizado em 22 instituições de ensino, capacitando 10.173 alunos e 1.106 funcionários e professores. No total, 11.279 pessoas participaram das simulações. Além da E. M. Campo Alegre, as unidades Professor Emílio Pedroso Araújo, Paulo Roberto Fiorenzano, E. M. Jaceruba, CAIESP Castrolina Faria Lima, CIEP 187 – Benedito Laranjeiras e Casa da Criança de Miguel Couto receberão o projeto este ano.

Caxias em estágio de atenção por causa das chuvas

A Defesa Civil acionou as 18 sirenes de alerta no município e, através de mensagem via SMS está alertando os moradores de áreas de risco.

Caxias informa que, devido à previsão de chuva, de moderada a forte, na Região da Baixada Fluminense nas próximas horas, a cidade entrou em Estágio de Atenção, no final da tarde desta segunda-feira(7). A Defesa Civil acionou as 18 sirenes de alerta no município e, através de mensagem via SMS está alertando os moradores de áreas de risco. Por causa do horário de maré alta, que dificultam o escoamento das águas, as chuvas provocaram alagamentos de ruas nos bairros Santa Alice em Xerém, Pilar, Jardim Primavera, Centro e 25 de Agosto.

O órgão pede aos moradores de áreas de risco que, ao notarem qualquer anormalidade, procurem um local seguro ou os pontos de apoio localizados em igrejas, associação de moradores e escolas de cada distrito e liguem imediatamente para os telefones 199 e 08000230199 ou para o Corpo de Bombeiros, no número 193.

%d blogueiros gostam disto: