Prêmio Firjan de Sustentabilidade 2022 abre inscrições

A edição atual, a décima desde 2013, possui seis categorias, uma delas incluída este ano.

Podem participar empresas, associações, sindicatos, instituições de pesquisa, terceiro setor, universidades e demais pessoas jurídicas

Já estão abertas – e seguem até 31/08 – as inscrições para o Prêmio Firjan de Sustentabilidade 2022, novo nome do tradicional Prêmio Firjan Ambiental. “O título foi atualizado, mas a nossa intenção continua a mesma, a de reconhecer as ações bem-sucedidas desenvolvidas pelas empresas e instituições no estado do Rio de Janeiro. Queremos divulgar e motivar melhores práticas, que envolvam o aprimoramento dos processos produtivos industriais, projetos socioambientais e iniciativas de cunho sustentável”, destaca Isaac Plachta, presidente do Conselho Empresarial de Meio Ambiente da Firjan.

Podem participar empresas, associações, sindicatos, instituições de pesquisa, terceiro setor, universidades e demais pessoas jurídicas com projetos concluídos ou em fase de implantação, desenvolvidos no estado do Rio e com resultados mensuráveis em 2020 e/ou 2021. Os finalistas e vencedores serão revelados durante a cerimônia de premiação, que será realizada na segunda quinzena de outubro.

A edição atual, a décima desde 2013, possui seis categorias, uma delas incluída este ano: Estratégias de Engajamento e Promoção da Agenda 2030 dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. As demais continuam, embora a maior parte com nomes atualizados. São elas: Água e Efluentes; Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos; Mudança do Clima e Eficiência Energética; Resíduos Sólidos; e Gestão de Impacto e Investimento Social.

O regulamento completo está disponível no site do Prêmio.

Baixada gerou mais de 1.400 postos de trabalho entre janeiro e março

O melhor resultado da região neste ano está com Nova Iguaçu (+1.212), seguido de Duque de Caxias (+533) e Itaguaí (+453).

Plataforma Retratos Regionais, da Firjan, aponta Nova iguaçu e Caxias como as cidades que mais geraram empregos na região

A Baixada Fluminense acumula saldo positivo de 1.455 postos de trabalho formais entre janeiro e março de 2022. A conclusão veio a partir da análise agregada de todos os setores econômicos (indústria, comércio, serviços e agropecuária) através plataforma Retratos Regionais, da Firjan. O melhor resultado da região neste ano está com Nova Iguaçu (+1.212), seguido de Duque de Caxias (+533) e Itaguaí (+453).

A análise específica da indústria da região mostra que, neste mesmo período, o setor registrou saldo positivo de 1.534 vagas de trabalho formais. Duque de Caxias (+869) e Itaguaí (+341) representam os melhores resultados industriais da Baixada no primeiro trimestre. Os segmentos que impulsionaram estes números foram, respectivamente, a construção civil (+1.481) e a fabricação de produtos de minerais não metálicos (+107).

Especificamente em março, a região registrou o segundo maior saldo de contratações do estado (+2.704), responsável por 2 em cada 10 contratações no território fluminense. O resultado foi também impulsionado pelo setor de Serviços (+2.613), mas ligada ao segmento de Serviços para Edifícios e Atividades Paisagísticas. A Indústria (+616) e Agricultura (+21) também apresentaram saldo positivo, enquanto o Comércio (-546) registrou demissões no mês. Entre os municípios da Baixada, Nova Iguaçu (+1.024) se destaca como o maior contratante, seguida por Duque de Caxias (+519).

Análise estadual

Entre as ocupações, as cinco maiores contratações no estado no primeiro trimestre de 2022 foram: Faxineiro (+4.039), Servente de Obras (+3.714), agente comunitário de saúde (+3.623), trabalhador de serviços de limpeza e conservação de áreas públicas (+2.346), e auxiliar de desenvolvimento infantil (+2.106). Na indústria, servente de obras (+3.204) foi responsável por 2 em cada 10 novas contratações em 2022, seguido pela ocupação de instalador de tubulações (+1.205). Pedreiro, assistente Administrativo e faxineiro também se destacaram com os maiores saldos de contratações no setor industrial nos três primeiros meses do ano.

Empresas de todos os portes registraram saldo positivo no primeiro trimestre de 2022. As micro e pequenas empresas (+19.032) foram responsáveis por metade das contratações observadas no ano. As grandes empresas (+14.945) foram as segundas que mais contrataram, seguida pelas médias (+1.182). Entre os setores, as micro e pequenas empresas se destacam com a maior parte das contratações em serviços: 6 em cada 10 novas contratações no setor foram realizadas por micro e pequenas empresas (+20.701), em especial, nos segmentos de educação infantil e ensino fundamental. As grandes (+11.244) e médias (+2.311) empresas também registraram saldo positivo no segmento. No setor industrial, a micro e pequenas empresas (+6.550) contrataram 4 em cada 10 novos trabalhadores formais em 2022, impulsionadas pelos segmentos de construção de edifícios e outras obras de infraestrutura. As grandes indústrias (+6.415) também apresentaram saldo de contratações significativo, seguido pelas médias indústrias (+2.178).

Colônia de Férias Firjan SESI

As inscrições estão abertas nas unidades de Caxias e Nova Iguaçu

A colônia de férias Firjan Sesi acontece de 10 a 12 de janeiro. Foto de divulgação

Estão abertas as inscrições para a tradicional Colônia de Férias Firjan SESI em todo estado do Rio de Janeiro. A temporada Verão 2022 acontecerá entre os dias 10 a 12 de janeiro, de 13h às 17h. Ela será na modalidade presencial, obedecendo às determinações de todos os decretos municipais e orientações do Ministério da Saúde. Na Baixada, haverá atividades nas unidades de Duque de caxias e Nova Iguaçu.

Anúncios

As inscrições devem ser realizadas na unidade Firjan SESI escolhida ou o interessado pode registrar seu interesse no site http://www.firjan.com.br/coloniadeferias/. As atividades serão realizadas prioritariamente ao ar livre. Seguindo os protocolos de segurança, haverá aferição de temperatura para a entrada dos participantes, uso de máscara obrigatório durante todo o período e higienização constante das mãos. Além disto, a limpeza e sanitização dos ambientes será diária.

A Colônia de Férias Firjan SESI terá atividades não só criativas e divertidas, mas também voltadas à promoção da saúde, além de serem conduzidas por profissionais experientes. A oferta inclui: futebol, vôlei, queimada, brincadeiras antigas, oficina de culinária, jogos educativos, gincana, oficina maker, entre outros divertimentos e conteúdos educativos.

Os interessados podem obter mais informações pelos telefones 0800 0231 231 ou 4002-0231, sempre de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h.

Confira as unidades Firjan SESI do Grande Rio:

Duque de Caxias – Rua Artur Neiva, nº 100 – 25 de Agosto

Nova Iguaçu – Rua Gerson Chernicharo, nº 1321 – Bairro da Luz

Caxias lidera criação de empregos na Baixada

No setor industrial foram 3.484 vagas de trabalho formais criadas ao longo do ano

Uma análise de todos os setores econômicos via plataforma Retratos Regionais, da Firjan, aponta para o aumento da criação de postos de trabalho na Baixada Fluminense, em outubro. Segundo os dados, o saldo positivo é de 1.883 vagas e o melhor resultado da região ficou com Duque de Caxias, com 568, seguido de São João de Meriti, com 307. Ainda segundo a análise, no período janeiro a outubro deste ano, o saldo de empregos formais criados na Baixada é de 13.932. Nesse período, Nova Iguaçu lidera, com a criação de 2.868 vagas, seguido de Duque de Caxias, com 2.512,e São João de Meriti, com 1.246.

Anúncios

No setor industrial foram 3.484 vagas de trabalho formais criadas ao longo do ano e, novamente, Duque de Caxias aparece na liderança, com 706 vagas. Neste setor, Queimados aparece em segundo, com 590 vagas. Os segmentos que mais contrataram foram a Construção Civil, com 1.610, e a fabricação de produtos de minerais não metálicos, com 638.

“É um marco importante, mas temos que continuar atentos a fatores que podem impactar essa retomada, entre eles as questões estruturais”, diz Rodrigo Santiago, presidente do Conselho Empresarial de Economia da Firjan.

Os resultados completos da análise podem, ser acessados em https://bit.ly/2WunK6l.

Industriais seguem otimistas no estado do Rio, aponta pesquisa da Firjan

O Índice de Confiança do Empresário Industrial Fluminense (Icei-RJ), divulgado pela Firjan, aponta que os industriais seguem otimistas no estado do Rio.

O Índice de Confiança do Empresário Industrial Fluminense (Icei-RJ), divulgado pela Firjan, aponta que os industriais seguem otimistas no estado do Rio. Em outubro, o índice atingiu 54,1 pontos, superando inclusive sua média histórica (51,5 pontos). A pesquisa avalia as condições atuais e as expectativas com relação à economia brasileira, do estado e da empresa. Os resultados variam de zero a cem pontos, sendo que os valores acima de 50 representam melhora ou otimismo.

Apesar do resultado otimista, a análise mostra que, após sucessivos crescimentos entre abril e agosto, o índice apresentou queda nos meses seguintes, refletindo, sobretudo, uma piora na percepção relacionada às condições atuais. “Sem dúvida, o cenário atual inspira cautela por parte dos empresários. Ainda existe dificuldade na compra de matéria-prima, custo elevado do frete e incertezas relacionadas ao fornecimento de energia, por exemplo. Precisamos também estar atentos à proximidade das eleições de 2022 e todas as turbulências que isso pode causar em um cenário onde as cadeias de valor estão longe das condições normais de temperatura e pressão”, avalia o presidente do Conselho Empresarial de Economia da Firjan, Rodrigo Santiago.

O indicador de Condições atuais registrou 46,1 pontos em outubro. A maior contribuição para esse quadro foi a piora da avaliação relacionada à economia brasileira, que ficou em 40,6 pontos. O cenário nacional também afetou a avaliação sobre o estado (40,8 pontos) e sobre a empresa (48,8 pontos). Nesse contexto, as expectativas positivas para os próximos seis meses mantiveram a confiança do setor industrial fluminense. O indicador de Expectativas ficou em 58,1 pontos, sendo que a avaliação sobre a empresa atingiu a maior pontuação (61,1 pontos). As expectativas sobre a economia brasileira e do estado registraram 52 e 52,2 pontos, respectivamente.

O Índice de Confiança do Empresário Industrial Fluminense (Icei-RJ), com mais informações sobre os indicadores analisados, pode ser acessado em www.firjan.com.br/icei.

%d blogueiros gostam disto: