Dique-Denuncia pede informações sobre assassinos de Policial Militar

Soldado reformado foi morto com quatro tiros ao volante de seu carro, na Vila Norma, em Mesquita.

Fábio Figueiredo Campello foi morto em um suposto assalto. Foto: Reprodução

O Portal dos Procurados do Disque-Denúncia divulgou cartaz para com pedido de informações sobre os envolvidos no assassinato do soldado PM reformado Fábio Figueiredo Campello, de 48 anos. Ele foi morto com pelo menos quatro tiros, na noite de terça-feira (24), na Vila Norma, em Mesquita.

Segundo a polícia, Campello foi encontrado por volta das 20h30, sobre o volante de seu Vectra Sedan, na Avenida Doutor Carvalhes, próximo à Via Light, após agentes do 20º BPM (Mesquita), que estavam de patrulhamento pela região, receberem um alerta sobre um suposto assalto em andamento. Ao chegarem no local os PMs encontraram o policial reformado baleado com pelos quatros tiros, sendo um na cabeça, um na perna e dois em um dos braços.

Na cintura da vítima, havia seis carregadores de pistola 9mm, porém não foi encontrada nenhuma arma no veículo. Campello chegou a ser socorrido e levado para o Hospital Geral de Nova Iguaçu (HGNI), na Posse, mas não resistiu aos ferimentos.

A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) fez perícia no local e agentes da especializada buscam câmeras de segurança e testemunhas que possam identificar os assassinos.

Segundo o Disque-Denúncia, com a morte de Campello chega a 21 o número de agentes de Segurança mortos em ações violentas no Estado do Rio de Janeiro, sendo 13 PMs, três policiais civis, um polícial penal, um agente do Degase, dois militares da Marinha do Brasil e um guarda municipal.

Denúncias sobre os assassinos do policial Fábio Figueiredo Campello e outros criminosos, assim como esconderijos de armas e drogas em qualquer ponto do estado do Rio de Janeiro podem se feitas pelos seguintes canais:

Zap do Portal dos Procurados: (21) 98849-6099

Disque-Denúncia: (21) 2253 1177 ou 0300-253-1177

APP “Disque Denúncia RJ”

Facebook/(inbox): https://www.facebook.com/procuradosrj/

https://twitter.com/PProcurados (mensagens).

Site Portal dos Procurados – em Denuncie – (procurados.org.br/contato).

Em todos os canais o Anonimato é Garantido.

%d blogueiros gostam disto: