Projeto Na Régua abre primeiro escritório na Baixada Fluminense

Moradores do Morro do Ki-Suco, da Paz e Vila Coimbra, em Queimados, já podem solicitar assistência técnica gratuita de arquitetura e engenharia

Engenheiros e arquitetos fazem o diagnóstico do imóvel – Divulgação

Vertente do programa Casa da Gente, o projeto “Na Régua – arquitetura acessível, moradia digna”, desenvolvido pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Obras (Seinfra) , abriu, nesta semana, seu primeiro escritório na Baixada Fluminense. A partir de agora, os moradores do Morro Kisuco, da Paz e Vila Coimbra, em Queimados, já podem solicitar os serviços gratuitos de assistência técnica gratuita de arquitetura e engenharia. Estão previstas ainda melhorias habitacionais de até R$15 mil para as famílias de baixa renda dessas comunidades.

Antes de inaugurar o escritório regional, que conta com arquitetos, engenheiros, assistentes sociais e articuladores locais, pesquisadores comunitários do projeto já visitaram 1.392 domicílios no município, a fim de realizar o censo de inadequação habitacional das três comunidades. Foram realizadas 655 entrevistas e os dados coletados apontam que 349 famílias estão aptas a serem contempladas pela iniciativa.

Além de Queimados, já há escritórios em funcionamento em sete comunidades da Capital: Providência, Cajueiro, Serrinha, Buriti Congonhas, Marcílio Dias, Acari e Rocinha.

  • Como participar do Na Régua?

Entre os serviços oferecidos no escritório regional, estão projetos de impermeabilização contra infiltração, pintura, assentamento de revestimentos e, claro, não poderia faltar a reforma do imóvel. Para serem contempladas pelo Projeto Na Régua, as famílias têm que possuir um único imóvel, residir há pelo menos três anos no local e receber até três salários mínimos. Idosos e pessoas com doenças respiratórias crônicas ou de fácil disseminação também têm prioridade.

O escritório de Queimados fica na Avenida Irmãos Guinle, 1497 – salas 104, 106 e 108 – Centro.

Nova Iguaçu lança projeto de acolhimento a vítimas de violência

Atendimentos serão feitos nos CRAS e CREAS, de segunda a sexta, das 9h às 17h.

Vítimas da chacina de 2005 foram homenageadas. Foto: Renato Fonseca/Divulgação

Na data em que se comemorou o Dia Internacional dos Direitos Humanos, a prefeitura de Nova Iguaçu lançou importante projeto de acolhimento de vítimas de violência e seus familiares. A partir de agora, pessoas que sofrem com as consequências de qualquer tipo de violência, seja ela física ou psicológica, podem buscar atendimento em uma das dez unidades dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) ou nos quatro Centros de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.

“Discutir a garantia dos direitos humanos é ter uma sociedade mais justa”, afirmou a secretária de Assistência Social de Nova Iguaçu, Elaine Medeiros.

Em parceria com a Universidade Federal Rural de Nova Iguaçu, os funcionários da Secretaria Municipal de Assistência Social foram capacitados em cursos de qualificação para atender as vítimas de violência. O Fórum Grita Baixada Fluminense e a Rede de Mães em Ação participaram do seminário.

Durante o lançamento do Núcleo, as 29 vítimas da chacina da em Nova Iguaçu e Queimados, em março de 2005, foram homenageadas pelos participantes do evento.

Duas mulheres baleadas em Caxias

Operação do 15º BPM na comunidade -Vai-Quem-Quer

Uma operação da Polícia Militar na comunidades Vai-Quem-Quer, em Duque de Caxias, deixou duas mulheres baleadas, na manhã desta sexta-feira (10). segundo informações do RJ1, da TV Globo, as vítimas são a passageira de um carro de aplicativo e uma diarista que estava em um ponto de ônibus.

A passageira do aplicativo foi socorrida pelo próprio motorista e levada para o Hospital Adão Pereira Nunes, em Saracuruna, Duque de Caxias, para onde também, foi levada a diarista. Elas foram medicadas e liberadas.

Segundo a PM, a operação aconteceu após policiais do 15º BPM (Duque de Caxias) serem atacados por criminosos que atuam na comunidades. Até o início da tarde não havia informações sobre outros feridos, prisões ou apreensões.

MPRJ caça fraudadores na Baixada

O assessor de um deputado da baixada está entre os presos

Foto: Divulgação

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio do Grupo de Atuação Especializada de Combate ao Crime Organizado (GAECO/RJ), e a Polícia Rodoviária Federal (PRF), deflagraram uma operação para prender 19 integrantes de uma quadrilha especializada em fraudes no transporte de combustíveis. A ação, segundo o MPRJ é a segunda fase da operação Desvio de Rota e visa ainda o cumprimento de 38 mandados de busca e apreensão.

Cerca de 160 agentes da CSI/MPRJ, PRF e Corregedoria da PMERJ, bem como 10 (dez) Promotores de Justiça do GAECO/RJ fazem buscas pelos alvos em São João de Meriti, Belford Roxo, Duque de Caxias e Guapimirim, Na Baixada Fluminense, além da capital do Rio, São Gonçalo, Itaboraí, Piraí e Volta Redonda, e também em em Paulínia e Bauru, no estado de São Paulo. Um dos locais revistados pelos agentes foi a sede do 31º BPM (Recreio dos Bandeirantes), na Zona Oeste do Rio.

Até às 11h30 desta sexta-feira (10), sete criminosos haviam sido presos, entre eles, segundo RJ1, da TV Globo, o assessor do deputado estadual Giovani Ratinho (Pros), de São João de Meriti. O gabinete do deputado informou que o assessor já foi exonerado. Segundo o MPRJ, a quadrilha, que teve 29 integrantes acusados, causou prejuízo de mais de R$ 1 bilhão aos cofres públicos.

Arte na praça em Nova Iguaçu

A 6ª edição acontece na Praça Rotariano Hércules Alpino, no Centro.

O Festival Escambau, que reúne moda, gastronomia, música e artes, no Centro de Nova Iguaçu, volta a todo o vapor com seu formato presencial neste sábado (11). A 6ª edição acontece na Praça Rotariano Hércules Alpino, ao lado da Igreja Nossa Senhora de Fátima e São Jorge, das 14h às 22h. O evento é aberto, gratuito, com opções para toda a família e atrações especiais para os pequeninos – que contam com um espaço recheado de atividades exclusivas com total segurança e conforto. Entre as atrações, a escritora iguaçuana Hanny Saraiva conduz a contação de história apresentando seu trabalho autoral Joaninha asiática e os duendes azuis, que também estará disponível para venda no evento.

Desde 2019 sem edições presenciais por conta da pandemia de Covid-19, o festival volta com a já tradicional feira, com roupas, acessórios, além de diversos artigos e serviços dos mais diferentes estilos, garantindo não apenas uma oportunidade para realizar as compras do fim de ano, mas também uma forma de estimular a economia local.

Também haverá exposição de trabalhos de três artistas visuais da região, a artista plástica Thaysa Santos, a ilustradora Carol Simões e o fotojornalista Mazé Mixo.

Durante o festival, todos os protocolos de higiene e segurança necessários estabelecidos pela OMS para locais abertos serão obedecidos, como uso de máscaras e disponibilização gratuita álcool em gel em diversos pontos da praça. O evento conta com o apoio da Prefeitura de Nova Iguaçu, através da Secretaria de Cultura e da FENIG.

Serviços itinerantes da Águas do Rio na Baixada

O objetivo do Programa Vem com a Gente é ampliar os serviços oferecidos nas lojas comerciais.

Os agentes esclarecem dúvidas dos moradores. Foto: Divulgação

A concessionária Águas do Rio está realizando serviço itinerante para atender moradores dos municípios de Nilópolis, Mesquita e Nova Iguaçu. Segundo a empresa, o objetivo do Programa Vem com a Gente é ampliar os serviços oferecidos nas lojas comerciais. Esclarecimentos sobre renegociação de débitos, mudança de titularidade, religação de água e cadastro na Tarifa Social, são alguns dos serviços prestados pelas equipes.

Ainda segundo a empresa, os agentes uniformizados estão percorrendo as ruas para mapear os pontos que precisam de melhorias, cadastram os logradouros, e executam serviços de extensão de redes de água tratada, vistorias, substituição de hidrômetros, entre outras demandas.

Os serviços itinerantes da Águas do Rio estão sendo realizados de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h, nos seguintes endereços:

  • Igreja Apostólica Semeando Vitória, na Rua Roldão Gonçalves, 2439, bairro Nossa Senhora de Fátima, em Nilópolis.
  • Igreja Assembleia de Deus, na Avenida Coelho da Rocha, 1870, Rocha Sobrinho, em Mesquita.
  • Igreja São Francisco de Assis, na Rua Thomas Fonseca, 123, Comendador Soares, em Nova Iguaçu.

Negociação de dívidas de energia até sexta-feira, dia 10

Mutirão do Procon RJ promove negociação de dívidas de clientes da Light e da Enel

Em Caxias, o atendimento será feito no posto do Procon-RJ do Poupa tempo no Caxias Shopping

Consumidores que tenham dívida com as concessionárias Light e Enel têm até a próxima sexta-feira (10) para negociar seus débitos no mutirão presencial promovido pelo Procon-RJ.
Em novembro as concessionárias realizaram as inscrições para quem vai fazer online e, agora, as inscrições poderão ser feitas de forma presencial na data do mutirão.

Os consumidores que têm débitos atrasados há mais de 90 dias com a Enel e débitos de qualquer prazo com a Light deverão a um dos postos do Procon-RJ no Poupa Tempo RJ.

As dívidas poderão ser pagas sem entrada e juros e, dependendo do caso, em até 24 vezes. Ambas as empresas irão negociar com os consumidores residenciais, e a Enel irá atender também os clientes rurais. A Light dará a possibilidade do cliente pagar os débitos também no cartão de crédito.

“O Procon-RJ realizou mutirões de negociação virtuais com diversas empresas durante a pandemia. Esta será uma excelente oportunidade, principalmente para aqueles consumidores que não puderam se inscrever ou perderam o prazo da inscrição dos mutirões virtuais anteriores” observou o presidente do Procon-RJ, Cássio Coelho.

O atendimento presencial será por ordem de chegada, com distribuição de senhas nos locais do mutirão das 9h às 14h. É imprescindível a apresentação dos documentos pessoais (identidade e CPF) e da conta em nome de quem for negociar.

O uso de máscara e comprovante de vacinação são obrigatórios. Um servidor do Procon-RJ dará apoio aos consumidores duramnte a negociação.

Na Baixada, o atendimento será nos seguintes postos do Poupa Tempo RJ:

Caxias Shopping (Rod. Washington Luíz, 2895)

Shopping Grande Rio: R. Maria Soares Sendas, 111 – Parque Barreto, São João de Meriti

Retomada do varejo é tema de live

Iniciativa do Senac RJ, Sebrae Rio e sindicatos filiados à Fecomercio RJ incentiva a retomada da Economia fluminense

Evento online gratuito voltado para empresários de São João de Meriti irá discutir, no dia 22 de novembro, às 19h, oportunidades para a retomada do crescimento do varejo no município, após o impacto causado pela pandemia de Covid-19. Trata-se da jornada de relacionamento Rio de Mãos Dadas pelo Interior, promovida pelos sindicatos filiados à Fecomércio RJ, o Senac RJ e o Sebrae Rio. Liderada pelo Sindicato do Comércio Varejista de São João de Meriti (Sincovame), o encontro terá palestra de especialista e mentorias individualizadas para pequenos e médios empresários. A iniciativa faz parte do projeto Rio de Mãos Dadas, série de ações que visam incentivar a retomada da confiança da população fluminense e o envolvimento das pessoas em um clima de positividade para superar o difícil período de pandemia. As inscrições devem ser efetuadas no link: https://www.rdmdpelointerior.com.br/são-joão-de-meriti

Em São João de Meriti, o tema abordado será “A retomada do varejo no pós-pandemia”. A iniciativa contará com palestra do Embaixador de Varejo do Senac RJ, Luiz Antonio Secco, sócio diretor da Azov Consultoria e Educação. Em seguida, os participantes poderão participar de uma mentoria individual com o especialista pela plataforma Zoom. Os 20 primeiros interessados poderão fazer a mentoria gratuitamente. Posteriormente, o Senac RJ também irá oferecer, por meio do Sincovame, 60 vagas gratuitas voltadas para o comércio em cursos profissionalizantes pelo Programa Senac de Gratuidade (PSG), que atende a pessoas com renda familiar per capita de até dois salários mínimos.

Para o presidente do Sincovame, Sérgio Neto Claro, a iniciativa é uma oportunidade de orientar empresários da região a impulsionar seus negócios. “O Projeto Rio de Mãos Dadas é uma oportunidade de suma importância, que visa o soerguimento do comércio de nossa cidade e, consequentemente, o fortalecimento de nossa categoria. Após momentos de muitas dificuldades que pareciam intermináveis diante de uma pandemia, o Sincovame junto ao Sistema Fecomércio RJ vem unindo esforços e trazendo esperanças aos lojistas meritienses. Ninguém chega a lugar algum sozinho, por isso o Sincovame precisa da participação efetiva dos empresários de São João de Meriti. É um momento ímpar. Estávamos ansiosos pela realização deste verdadeiro pacote de eventos e estamos muito felizes por isso. O Sincovame está à disposição de todos. Somente juntos e unidos somos mais fortes!”, afirma.

“A crise acelerou muitos processos dentro dos pequenos negócios e a economia começa a apresentar recuperação, graças ao empreendedorismo. O empresário precisa entender que o cliente de hoje é muito diferente de antes do início da pandemia. Ele passou a exigir mais da empresa, quer uma rápida entrega e ser exclusivo. O empreendedor precisa estar preparado para os novos tempos e adquirir o conhecimento necessário para chegar ao cliente final. Essa parceria com várias entidades permitirá fazer um trabalho integrado, com foco nas capacitações mais apropriadas para esse público”, explica o gerente de Atendimento do Sebrae Rio, Leandro Marinho.

Desde março de 2021, o Rio de Mãos Dadas pelo Interior tem percorrido o interior fluminense. Mais de 2500 pequenos e médios empresários já se inscreveram nas 20 edições realizadas até o momento, em municípios como Petrópolis, Teresópolis, Nova Friburgo, Cabo Frio, Itaperuna, Volta Redonda, Angra dos Reis, Nilópolis, Valença, Itaperuna, Barra Mansa, Duque de Caxias, Campos dos Goytacazes, Nova Iguaçu, Miguel Pereira, Três Rios, Barra do Piraí. Também já foram realizadas mais de 200 mentorias individuais. Outras seis regiões do estado ainda irão receber o projeto, inicialmente em plataforma digital. Além do Varejo, também serão abordados temas como Gastronomia, Turismo e Inovação, entre outros.

Serviço:

Rio de Mãos Dadas pelo Interior

Varejo – São João de Meriti

Data: 22 de novembro

Horário: às 19h

Inscreva-se aqui

Obras no Canal Caboclo

Principal responsável pelos alagamentos registrados em parte do Centro de Duque de caxias nos períodos de chuvas fortes, o Canal Caboclo está sendo canalizado.

O Prefeito Washington Reis (D) e o deputado Rosenverg Reis (E) – Divulgação/SMODC

Principal responsável pelos alagamentos registrados em parte do Centro de Duque de caxias nos períodos de chuvas fortes, o Canal Caboclo está sendo canalizado naquela que, segundo a prefeitura do município, é a maior obra de infraestrutura da Baixada Fluminense. A obra, que atenderá 2.260 metros do canal, no trecho da Linha Vermelha até o bairro Trezentos, na divisa com São João de Meriti, tem recursos dos governos federal e estadual. A etapa inicial do projeto tem recursos do PAC I (Programa de Aceleração do Crescimento), com a macrodrenagem do curso de água entre a Avenida Paulo Moreno e a Avenida Dr. Manoel Teles, até a foz do Rio Meriti, passando pelas comunidades da Vila Ideal e Parque Vila Nova. Na região, estão sendo instalados 960 metros de galerias pré-moldadas de concreto armado, segundo a prefeitura.

Na segunda fase, outros 1.300 metros serão canalizados. As obras contam com críticas de movimentos sociais e moradores, já que a dezenas de famílias foram retiradas das margens do canal. segundo ainda a prefeitura de Duque de Caxias, serão construídas pistas laterais e travessias, creche, escola e área de lazer.

%d blogueiros gostam disto: