Vagas de estágio em Engenharia Civil pelo Balcão de Empregos de Mesquita

Interessados têm até sexta-feira, dia 10, para entregar currículo na sede da Subsecretaria Municipal de Trabalho e Desenvolvimento Econômico.

O Balcão de Empregos de Mesquita anuncia vagas de estágio com atuação na própria cidade. As oportunidades são destinadas aos graduandos em Engenharia Civil que estejam cursando, preferencialmente, entre o sexto e o oitavo período. Os interessados têm até sexta-feira, dia 10 de junho, para entregar o currículo na sede da Subsecretaria Municipal de Trabalho e Desenvolvimento Econômico, que fica no segundo andar da Prefeitura de Mesquita. O endereço é Rua Arthur Oliveira Vecchi 120, no Centro do município, e o funcionamento é das 9h às 17h.

Alguns requisitos são possuir conhecimento em Pacote Office e Autocad. Além disso, é um diferencial ter Carteira Nacional de Habilitação B. “Queremos privilegiar a população mesquitense, abrindo portas para o mercado de trabalho. É notório que nem sempre é fácil conseguir essas chances, ainda mais na Baixada Fluminense. Por isso, estamos nessa busca constante atrás desse objetivo”, explica o secretário municipal de Governança, Fabio Baiense.

Instituído na cidade em 2017, o Balcão de Empregos de Mesquita é uma iniciativa da Subsecretaria de Trabalho e Desenvolvimento Econômico, vinculada à Secretaria de Governança. A ideia é estimular vínculos com empresas de grande, médio e pequeno porte, para gerar oportunidades profissionais para os mesquitenses.

Maio Amarelo é tema de abordagem nas bases operacionais da Águas do Rio na Baixada

Atividades institucionais e palestra sobre segurança no trânsito foram destaques entre os colaboradores da empresa.

O trabalho de conscientização com equipes baseadas em Nilópolis. Foto: Divulgação

O Maio Amarelo, ação mundial que visa chamar a atenção sobre os cuidados no trânsito, foi marcado por ações nas bases operacionais da Águas do Rio em Queimados, Nova Iguaçu e Nilópolis.

Na quarta-feira, dia 25, gestores, técnicos de Segurança do Trabalho e autoridades municipais do Transporte e Trânsito, realizaram palestras para os colaboradores das unidades. Rodrigo Cesário, chefe de Educação para o Trânsito de Mesquita, conduziu a atividade em Nilópolis e em Nova Iguaçu. Já Eduardo Xavier, subsecretário de Transporte e Trânsito de Queimados, falou com as equipes baseadas na cidade.

Segundo o diretor-superintendente com atuação na Baixada, Luiz Fabbriani, segurança é inegociável e o tema é constantemente pontuado nos Diálogos Diários de Segurança (DDS) da companhia. “O Maio Amarelo veio reforçar o que já realizamos diariamente com nossos colaboradores. Seguimos com uma conduta rígida no que diz respeito a segurança dos nossos profissionais e dos pedestres, sempre zelando pelo bem-estar de todos”, afirma.

Para Érica Souza, analista de Planejamento, a ação ampliou seus conhecimentos sobre o Código Nacional de Trânsito. “Foram abordadas diversas ações que nós, condutores, fazemos e precisamos repensar. Através da palestra, conheci artigos do código e fui conscientizada que existem inúmeras leis que precisamos seguir para evitar e diminuir os acidentes. Saio daqui repensando minhas atitudes e querendo ser uma motorista melhor”, disse.

Ao longo da semana, os colaboradores foram surpreendidos com abordagens internas, realizadas por meio de fitas e balões amarelos, que decoraram os prédios e as viaturas da superintendência, em alusão ao movimento. Cartazes chamados de “Semáforo do Comportamento”, foram espalhados, onde os funcionários puderam contribuir, escrevendo suas experiências no trânsito que consideram positivas, que merecem atenção e que aquelas definidas como proibidas.

Nova Iguaçu vai realizar concurso da Guarda Municipal em 26 de junho

Os nomes dos postulantes e seus respectivos locais e horários de prova estão no Diário Oficial do dia 26 de maio.

A Prefeitura de Nova Iguaçu marcou para o dia 26 de junho a prova para o concurso público para a criação da Guarda Municipal da cidade. Com inscrições já encerradas desde 2020, quando o processo seletivo foi paralisado em função da pandemia da Covid-19, a prova testará os conhecimentos dos candidatos às 200 vagas oferecidas. Os nomes dos postulantes e seus respectivos locais e horários de prova estão no Diário Oficial do dia 26 de maio.

O gabarito oficial da prova será divulgado no dia seguinte à sua realização, e os candidatos terão até 29 de junho para entrar com recurso. A classificação preliminar será publicada em 12 de julho, quando também será conhecido o gabarito final após apreciação dos recursos. Nos dias 13 e 14, os candidatos terão a oportunidade de questionar notas e classificação. A classificação final e o edital de convocação para o Teste de Aptidão Física (TAF) serão publicados no dia 22 de julho.

O TAF será realizado em 31 de julho e o resultado será divulgado em 9 de agosto. Os candidatos terão os dias 10 e 11 para entrar com recursos contra o resultado. No dia 26 de agosto, uma semana após as respostas aos recursos, será publicado edital de convocação para a avaliação psicológica, exame médico e investigação social e documental.

Esta etapa do concurso ainda terá as suas datas divulgadas pelo município, assim como o resultado e os editais de classificação final e de homologação.

A oferta inicial é de 200 vagas, sendo 100 para contratação logo após o resultado e outras 100 em cadastro de reserva para serem preenchidas durante o prazo de validade da seleção, de dois anos, podendo dobrar. Do total de vagas oferecidas, 170 são para homens e 30 para mulheres.

Os vencimentos iniciais são de R$ 1.651,95, mas durante o curso de formação os aprovados receberão 50% desse valor, ou seja, R$ 825,97. Entre os benefícios oferecidos estão o auxílio-transporte, de aproximadamente R$ 195. Os guardas poderão exercer suas atividades em escalas de 12h x 36h, 24h x 72h ou 40 horas semanais (oito horas diárias). As admissões ocorrerão pelo regime estatutário (com garantia de estabilidade).

Senado pode aprovar penas maiores para crimes contra florestas

O projeto tem parecer favorável do senador Izalci Lucas (PSDB-DF). Se for aprovado pela CMA, ele seguirá para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado.

Foto: Arquivo Agência Brasil

Da Agência Senado – A Comissão de Meio Ambiente (CMA) do Senado se reúne na próxima quarta-feira (1º), a partir das 8h30, e pode aprovar o projeto de lei que aumenta as penas para os crimes ambientais contra florestas e vegetação (PL 2.606/2021).

O projeto, que é da senadora Nilda Gondim (MDB-PB), altera o capítulo da Lei de Crimes Ambientais (LEi 9.605, de 1998) que prevê os crimes contra a flora.

A senadora propõe elevar as seguintes penas:

Destruir ou danificar floresta de preservação permanente: de 1 a 3 anos de detenção) para 2 a 4 anos de reclusão.

Destruir ou danificar vegetação primária ou secundária da mata atlântica: de 1 a 3 anos de detenção para 2 a 4 anos de reclusão.

Cortar árvores em floresta de preservação permanente sem autorização: de 1 a 3 anos de detenção para 2 a 4 anos de reclusão.

Provocar incêndio em mata ou floresta: de 2 a 4 anos de reclusão para 3 a 6 anos de reclusão.

Destruir ou danificar vegetação fixadora de dunas ou protetora de mangues: de 3 meses a 1 ano de detenção para 1 a 3 anos de detenção.

Desmatar, explorar ou degradar floresta em área de domínio público sem autorização: de 2 a 4 anos de reclusão para 3 a 6 anos de reclusão.

A diferença entre as penas de detenção e reclusão é que a primeira pode começar a ser cumprida em regime aberto ou semiaberto, enquanto a segunda deve começar a ser cumprida em regime fechado. Todas as penas modificadas pelo projeto também envolvem o pagamento de multa, que fica mantido.

O projeto tem parecer favorável do senador Izalci Lucas (PSDB-DF). Se for aprovado pela CMA, ele seguirá para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado.

Audiências Públicas
A pauta da CMA também inclui requerimentos para audiências públicas. Os cidadãos podem enviar perguntas e comentários pelo telefone da Ouvidoria do Senado (0800 061 2211) ou pelo Portal e‑Cidadania, que podem ser lidos e respondidos pelos senadores e debatedores ao vivo. O Senado oferece uma declaração de participação, que pode ser usada como hora de atividade complementar em curso universitário, por exemplo. O Portal e‑Cidadania também recebe a opinião dos cidadãos sobre os projetos em tramitação no Senado, além de sugestões para novas leis.

Falsos servidores públicos tentam negociar multas em nome do Procon-RJ

Os golpistas entram em contato com as empresas, como se fossem diretores da autarquia, para negociar multas e pedir doações.

Do Procon-RJ – O Procon Estadual do Rio de Janeiro faz um alerta para golpes que estelionatários têm tentado aplicar em fornecedores. A abordagem geralmente é feita por e-mail, mensagem de texto ou ligação telefônica. Os golpistas entram em contato com as empresas, como se fossem diretores da autarquia, para negociar multas e pedir doações. O pix é a forma de pagamento preferida. Os estelionatários chegam a usar o nome do presidente ou de funcionários do Procon-RJ.

“Coletamos imediatamente todas as informações, entramos em contato com a Delegacia do Consumidor e solicitamos abertura de inquérito para apurar este tipo de prática. Caso algum fornecedor receba esse tipo de pedido, faça a denúncia e jamais negocie”, orienta o presidente do Procon-RJ, Cássio Coelho.

Anúncios

A polícia foi acionada para investigar o caso. O Procon-RJ informa que o pagamento de multa aplicada pela autarquia é feito apenas através de Guia de Recolhimento do Estado (GRE), gerada por meio do site da Secretaria de Estado de Fazenda.

O Procon-RJ faz contato com fornecedores por intermédio de ofício e notificação. Os estabelecimentos que desejam pagar as multas aplicadas pela autarquia devem solicitar a guia de pagamento através do Sistema Eletrônico de Informações (SEI), sistema de gestão de processos administrativos e documentos eletrônicos. O boleto ficará disponível para o fornecedor no processo eletrônico instaurado.

Bolsonaro veta título de Heroína da Pátria à mais importante psiquiatra do Brasil

Projeto que homenageia Nise da Silveira pelo tratamento humanizado em psiquiatria foi aprovado pelo Congresso.

Nise da Silveira foi pioneira npo tratamento psiquiátrico humanizado.

Da Agência Senado – O presidente Jair Bolsonaro (PL) vetou integralmente o projeto de lei que inscreve o nome da psiquiatra Nise da Silveira no Livro dos Heróis e Heroínas da Pátria. O veto à proposta foi publicado na edição do Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira (25), e poderá ser mantido ou rejeitado pelo Congresso.

A matéria (PL 6.566/2019), de autoria da deputada federal Jandira Feghali (PCdoB-RJ), foi aprovada pelo Plenário do Senado em 24 de abril, com parecer favorável da senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA). Mas a Presidência da República argumentou que, após ouvir a Casa Civil, decidiu vetar a proposta, por representar “contrariedade ao interesse público”.

A homenageada é pioneira da terapia ocupacional e mudou os rumos dos tratamentos psiquiátricos no Brasil, até então conduzidos em geral por meio de isolamento em hospícios. Ela também ganhou projeção internacional, tendo seu trabalho reconhecido por outros psiquiatras mundo afora, como o suíço Carl Gustav Jung. 

“A doutora Nise foi uma extraordinária psiquiatra, que implantou tratamentos humanizados para transtornos mentais e criou um novo momento em relação a esses tratamentos na nossa sociedade brasileira. Estar no Livro dos Heróis e Heroínas da Pátria é, sobretudo, um reconhecimento ao trabalho que essa mulher fez para o Brasil”, disse Eliziane, durante a votação do projeto. 

O livro está depositado no Panteão da Pátria e da Liberdade Tancredo Neves, em Brasília, e destina-se ao registro perpétuo do nome dos brasileiros e brasileiras ou de grupos de brasileiros que tenham oferecido a vida ao país, para sua defesa e construção, com “excepcional dedicação e heroísmo”. 

Trajetória 
Ao começar a atuar, na área na década de 1940, Nise rebelou-se contra os métodos manicomiais então aplicados a pacientes com transtornos mentais, como o eletrochoque, a lobotomia e o confinamento, entre outros. Como forma de punição, a médica foi transferida para a área de terapia ocupacional. Ironicamente, a psiquiatra encontrou lá o espaço necessário para desenvolver um modelo humanizado de tratamento para os transtornos mentais.

Uma das terapias desenvolvidas por Nise foi a expressão dos sentimentos pelas artes, especialmente a pintura. A produção artística de alguns pacientes ganhou reconhecimento pela qualidade estética, além de ter demonstrado resultados positivos na recuperação. Muitas dessas obras estão hoje expostas no Museu de Imagens do Inconsciente, no Rio de Janeiro. Esses trabalhos também já foram expostos no Museu de Arte Moderna de São Paulo. 

A Casa das Palmeiras, aberta por Nise em 1956 com foco em reabilitar sem internação, também investiu no processo criativo e afetivo dos pacientes. Além da arte, o contato com gatos e cães foi outro tratamento introduzido por ela no Brasil. Os pacientes podiam cuidar de animais nos espaços abertos do centro, estabelecendo vínculos afetivos. 

Suspeito de abusar de crianças e divulgar vídeos é preso em Magé

A prisão foi feita durante o cumprimento de mandado de busca e apreensão da Operação Arcanjo II, da Polícia Federal (PF).

Na casa do suspeito os agentes apreenderam materiais usados nos crimes. Divulgação PF

Da Agência Brasil – Policiais federais prenderam hoje (25), em flagrante, um suspeito de abusar sexualmente de crianças que faziam parte de seu convívio e de compartilhar vídeos e fotos dos atos cometidos. A prisão foi feita durante o cumprimento de mandado de busca e apreensão da Operação Arcanjo II, da Polícia Federal (PF). A identidade do suspeito não foi divulgada.

Anúncios

De acordo com a PF, os mandados de busca e apreensão foram cumpridos nos municípios de Magé e do Rio de Janeiro. Os agentes informaram que localizaram vídeos e imagens com conteúdo de abuso infantil. Eles apreenderam fantasias, celulares, notebooks e pendrives contendo os registros dos abusos sexuais e outros vestígios.

O inquérito foi instaurado a partir de informações da organização não governamental norte-americana National Center for Missing & Exploited Childen (NCMEC), que permitiram, com a ajuda de diligências policiais, a identificação do suspeito.

INSS paga a segunda parcela do 13º salário a partir desta quarta (25)

Inicialmente, recebem aqueles que ganham um salário mínimo (R$ 1.212). Os que ganham acima disso recebem a partir do dia 1º até 7 de junho. A primeira parcela foi paga em abril.

Da agência Brasil – O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começa a pagar nesta quarta-feira (25) os valores da segunda parcela do décimo terceiro salário de aposentados e pensionistas. Inicialmente, recebem aqueles que ganham um salário mínimo (R$ 1.212). Os que ganham acima disso recebem a partir do dia 1º até 7 de junho. A primeira parcela foi paga em abril.

Anúncios

Para consultar o valor, o beneficiário pode entrar no aplicativo Meu INSS (para dispositivos eletrônicos com tablets ou celulares) ou no portal gov.br/meuinss. Outra opção é a central de atendimento por telefone, pelo número 135. Nesse caso, é preciso informar dados como o número do CPF e outras informações cadastrais. O atendimento por telefone está disponível de segunda a sábado, das 7h às 22h.

Anúncios

Ao todo, com a primeira e segunda parcelas pagas, serão injetados cerca de R$ 56,7 bilhões na economia. Mais de 36 milhões de pessoas vão receber a segunda cota da gratificação, que vai cair na conta junto com o pagamento regular de maio. Este é o terceiro ano consecutivo que os pagamentos do décimo terceiro salário do INSS ocorrem entre abril, maio e junho. O adiantamento foi possível após edição de portaria do INSS, ainda em março.

Quem recebe Benefício de Prestação Continuada (BPC) não tem décimo terceiro.

Salários e auxílio refeição de servidores efetivos são reajustados em Mesquita

Aumento já passa a valer este mês e se baseia no INPC de maio de 2021 a abril de 2022, totalizando 12,46%.

Auxílio refeição sobe de R$ 13,06 para R$ 14,68 por dia trabalhado. Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Foi publicado no Diário Oficial de Mesquita, na edição de terça-feira (24), o decreto Nº 3.214, que trata da revisão geral anual dos vencimentos dos servidores públicos efetivos do município e também do auxílio refeição.

O reajuste foi definido pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), referente ao período compreendido entre maio de 2021 e abril de 2022, totalizando 12,46%. Com isso, o benefício de auxílio refeição sobe dos atuais R$ 13,06 para R$ 14,68 por dia trabalhado.

A medida passa a valer já neste mês, ou seja, os servidores públicos concursados já receberão o salário e o auxílio refeição referentes ao mês de maio, pagos em junho, com o valor atualizado.

Dique-Denuncia pede informações sobre assassinos de Policial Militar

Soldado reformado foi morto com quatro tiros ao volante de seu carro, na Vila Norma, em Mesquita.

Fábio Figueiredo Campello foi morto em um suposto assalto. Foto: Reprodução

O Portal dos Procurados do Disque-Denúncia divulgou cartaz para com pedido de informações sobre os envolvidos no assassinato do soldado PM reformado Fábio Figueiredo Campello, de 48 anos. Ele foi morto com pelo menos quatro tiros, na noite de terça-feira (24), na Vila Norma, em Mesquita.

Segundo a polícia, Campello foi encontrado por volta das 20h30, sobre o volante de seu Vectra Sedan, na Avenida Doutor Carvalhes, próximo à Via Light, após agentes do 20º BPM (Mesquita), que estavam de patrulhamento pela região, receberem um alerta sobre um suposto assalto em andamento. Ao chegarem no local os PMs encontraram o policial reformado baleado com pelos quatros tiros, sendo um na cabeça, um na perna e dois em um dos braços.

Na cintura da vítima, havia seis carregadores de pistola 9mm, porém não foi encontrada nenhuma arma no veículo. Campello chegou a ser socorrido e levado para o Hospital Geral de Nova Iguaçu (HGNI), na Posse, mas não resistiu aos ferimentos.

A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) fez perícia no local e agentes da especializada buscam câmeras de segurança e testemunhas que possam identificar os assassinos.

Segundo o Disque-Denúncia, com a morte de Campello chega a 21 o número de agentes de Segurança mortos em ações violentas no Estado do Rio de Janeiro, sendo 13 PMs, três policiais civis, um polícial penal, um agente do Degase, dois militares da Marinha do Brasil e um guarda municipal.

Denúncias sobre os assassinos do policial Fábio Figueiredo Campello e outros criminosos, assim como esconderijos de armas e drogas em qualquer ponto do estado do Rio de Janeiro podem se feitas pelos seguintes canais:

Zap do Portal dos Procurados: (21) 98849-6099

Disque-Denúncia: (21) 2253 1177 ou 0300-253-1177

APP “Disque Denúncia RJ”

Facebook/(inbox): https://www.facebook.com/procuradosrj/

https://twitter.com/PProcurados (mensagens).

Site Portal dos Procurados – em Denuncie – (procurados.org.br/contato).

Em todos os canais o Anonimato é Garantido.

Diversidade na Ciência: qual a importância de equipes diversas para a inovação científica e tecnológica?

O Instituto Nacional de Tecnologia (INT) promove um debate virtual sobre o “Guia de Formação de equipes extraordinárias” que aborda a necessidade da diversidade na Ciência quanto à raça, etnia, gênero e regionalidade.

O Instituto Nacional de Tecnologia (INT) promove um debate virtual sobre o “Guia de Formação de equipes extraordinárias” que aborda a necessidade da diversidade na Ciência quanto à raça, etnia, gênero e regionalidade.

A pesquisadora e coordenadora de Tecnologia Química do INT, Andréa Farias, juntamente com os pesquisadores da UFMG, UFBA, PUC- Rio/ FAPERJ e WTT conversam sobre a importância de equipes diversas para a inovação científica e tecnológica.

A transmissão do evento será no YouTube, na próxima quarta-feira, 25, às 15 horas. Assista aqui.

Baixada Fluminense enterra R$ 310,3 milhões em resíduos recicláveis, revela estudo da Firjan

De acordo com o mapeamento, para que os resíduos pós-consumo tenham a melhor destinação possível, é preciso criar uma rede de infraestrutura e incentivar negócios que viabilizem a triagem e o beneficiamento.

Estudo calculou materiais que seguem para aterros sanitários. Foto: reprodução Curso CPT

Os municípios da Baixada Fluminense enterram anualmente mais de R$ 310 milhões em materiais que poderiam seguir o caminho da reciclagem e gerar recursos para o estado. Esse é um dos resultados do recorte regional do “Mapeamento dos Fluxos de Recicláveis Pós-Consumo no Estado do Rio de Janeiro”, realizado pela Firjan, com o objetivo de contribuir para o fortalecimento do encadeamento produtivo da reciclagem, estimulando a retenção de recursos materiais e econômicos, além da redução da sobrecarga dos resíduos ao meio ambiente.

O estudo, realizado com base em dados públicos oficiais de órgãos ambientais, investigou a trajetória dos recicláveis pós-consumo em todas as regiões fluminenses (ou seja, materiais que saíram do ambiente produtivo e tornaram-se resíduos após o uso final, provenientes tanto de domicílios como de geradores empresariais). A intenção é fornecer – aos investidores, gestores empresariais, formuladores de políticas públicas e outros tomadores de decisão – subsídios para a transformação do Rio em um estado reciclador e valorizador do material pós-consumo descartado. Além de evidenciar as perdas de resíduos para o ambiente, o estudo calculou a parcela de materiais que seguem para destinação em aterros sanitários, mas que poderiam estar sendo reaproveitados na região: 706,2 mil toneladas.

“Ao dividir o foco por regiões, percebemos algumas vocações específicas, como a concentração de empreendimentos do encadeamento produtivo da reciclagem na capital, na Baixada e no Sul Fluminense. Outras regiões do interior do estado, com menos expressividade em termos de empreendimentos formais, mostraram mais engajamento na segregação de recicláveis no momento da geração do resíduo. Precisamos explorar os pontos fortes de cada região e entender o que dá certo em um lugar que pode vir a funcionar em outro”, detalha Isaac Plachta, presidente do Conselho Empresarial de Meio Ambiente da Firjan.

De acordo com o mapeamento, para que os resíduos pós-consumo tenham a melhor destinação possível, é preciso criar uma rede de infraestrutura e incentivar negócios que viabilizem a triagem e o beneficiamento. As recomendações, entre outras, são a criação de incentivos para a segregação do reciclável na origem, a desburocratização das atividades relacionadas à reciclagem, o desenvolvimento de ações para a formalização dos atores da cadeia da reciclagem e ações para atração de novos investimentos no setor.

Acesse o estudo completo aqui e confira os dados específicos de cada município da Baixada Fluminense.

Sexta é dia de música no Palco do Caxias Shopping

A cada semana artistas convidados se apresentam na praça de alimentação.

Marcos Novatto é atração desta sexta-feira no Palco do Shopping Caxias. Reprodução Facebook

Continua até o dia 27 a temporada do Palco Caxias Shopping, com programação para todos os estilos musicais. A cada semana artistas convidados se apresentam na praça de alimentação. Os shows ao vivo acontecem todas as sextas-feiras, sempre às 19h30.

Nesta sexta (20) o samba vem com tudo, no show do cantor Marcos Navatto. E, para fechar o mês em grande estilo, no dia 27, a Banda Bis vai colocar todo mundo pra dançar ao som de grandes sucessos da música Pop.

A Banda Bis se apresenta na próxima sexta, dia 27. Reprodução Facebook

Serviço

Palco Caxias Shopping

Dia 20/05 – Sexta – Marcos Novatto – Samba

Dia 27/05 – Sexta – Banda Bis – Pop Nacional e Internacional

Horário: 19h30

Local: Praça de Alimentação

Polícia Civil dá prejuízo a quadrilha de produtos piratas em Mesquita

Em um dos endereços foram apreendidos roupas e acessórios falsificados, equipamentos e aparelhos telefônicos utilizados para a divulgação dos produtos na internet.

Parte dos produtos apreendidos pelos policiais na ação. Divulgação

A 53ª DP (Mesquita) deflagrou, na terça-feira (17), operação contra uma quadrilha que vende produtos piratas, principalmente pela internet. Os agentes cumpriram cinco mandados de busca e apreensão em endereços ligados ao bando.

Segundo a Polícia Civil, as investigações começaram após uma empresa que representa diversas marcas prejudicadas pelos criminosos registrar mais de 900 queixas sobre o crime em todo estado.

Em um dos endereços foram apreendidos roupas e acessórios falsificados, equipamentos e aparelhos telefônicos utilizados para a divulgação dos produtos na internet. Uma loja que vendia os itens também foi alvo da ação.

De acordo com os agentes, um dos bandidos do esquema ostentava viagens internacionais em sua rede social e apresentava lojas de grifes para dar enganar os clientes sobre a originalidade dos produtos.​

A Polícia Civil não revelou a quantidade de produtos aprendidos.

Festival Comida di Rua agita o Shopping Nova Iguaçu até domingo

Evento reúne os melhores “podrões” cariocas, como a Batata de Marechal Hermes e a Carne de Sol do Baixinho de Bangu, entre outros.

Da Assessoria de Imprensa – Entre os dias 20 a 22 de Maio, sexta a domingo, o Shopping Nova Iguaçu vai receber a primeira edição do festival Comida di Rua na Baixada Fluminense. Durante o evento, os clientes poderão saborear mais de 30 opções da culinária popular carioca. A entrada é gratuita.

A feira gastronômica é dedicada aos “podrões”, apelido carinhoso dos quitutes servidos em trailers e barraquinhas. Por três dias, os iguaçuanos vão esquecer a dieta e se deliciar com pão com linguiça, batata frita, aperitivos, cachorro-quente e outras maravilhas. A novidade desta edição fica por conta da presença de comidas de rua famosas em Nova Iguaçu a exemplo a torre de hambúrguer com cheddar da Resenha do Sabor.

Podrões famosos de diversos bairros do Rio, como a Batata de Marechal, Carne de Sol do Baixinho de Bangu, Acarajé da Lenaide, churros do gaão de Arraial do Cabo e Ducara Pão de Alho são presença garantida na edição do Shopping Nova Iguaçu. Cada expositor apresenta uma opção gigante para os clientes dividirem com toda a família por até R$ 60,00, além de opções de comidinhas que custam a partir de R$ 5,00.

Entre as opções ‘família’ estão a Batata de Marechal, acompanhada de muito frango a passarinho e linguiça calabresa, o acarajé de 1kg, o Hot dog gigante do Cálidus, com 1,30 de comprimento e o jarrão de 3 litros de caipifruta.

Para paladares mais refinados, a dica é experimentar o japonês no palito: 30cm de delícias orientais, por R$ 35,00. Outras opções são a barca de churrasco por R$60,00 e a torre de hambúrguer com cheddar também a R$ 60,00. Os mais tradicionais podem apostar no combo pastel de feira com caldo de cana por R$14,00.

A edição do festival em Nova Iguaçu também vai contar com música ao vivo, Com atrações como bloco Batuke de Batom e Soul da Gema e das baterias da União da Ilha . Além da culinária de rua, quem for ao evento ainda vai encontrar opções para a criançada se divertir, como o unicórnio mecânico, brinquedos infláveis e oficinas infantis.

Shows
Sexta- feira, dia 20/5: Bloco Soul da Gema (às 20h)
Sábado, dia 21/5: União da Ilha do Governador (às 20h)
Domingo, dia 22/5 Batuke de batom(às 19h)

Serviço
Festival Comida di Rua: – Shopping Nova Iguaçu – estacionamento da Pedreira.
Sexta, das 17h às 23h; sábado, das 13h às 23h; e domingo, das 13h às 22h.
Entrada franca para o evento.

%d blogueiros gostam disto: