Nova Iguaçu lança projeto de acolhimento a vítimas de violência

Atendimentos serão feitos nos CRAS e CREAS, de segunda a sexta, das 9h às 17h.

Vítimas da chacina de 2005 foram homenageadas. Foto: Renato Fonseca/Divulgação

Na data em que se comemorou o Dia Internacional dos Direitos Humanos, a prefeitura de Nova Iguaçu lançou importante projeto de acolhimento de vítimas de violência e seus familiares. A partir de agora, pessoas que sofrem com as consequências de qualquer tipo de violência, seja ela física ou psicológica, podem buscar atendimento em uma das dez unidades dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) ou nos quatro Centros de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.

“Discutir a garantia dos direitos humanos é ter uma sociedade mais justa”, afirmou a secretária de Assistência Social de Nova Iguaçu, Elaine Medeiros.

Em parceria com a Universidade Federal Rural de Nova Iguaçu, os funcionários da Secretaria Municipal de Assistência Social foram capacitados em cursos de qualificação para atender as vítimas de violência. O Fórum Grita Baixada Fluminense e a Rede de Mães em Ação participaram do seminário.

Durante o lançamento do Núcleo, as 29 vítimas da chacina da em Nova Iguaçu e Queimados, em março de 2005, foram homenageadas pelos participantes do evento.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: